Camboriú abre 2 a 0, leva a virada e empata no fim com o Sãojoseense

A décima rodada do grupo 8, da série D, começou com a vitória do Hercílio Luz sobre o Concórdia, por 2 a 0 e o empate entre Camboriú e Sãojoseense, em Itajaí, por 3 a 3.

A partida começou muito movimentada, pois o Camboriú jogando em casa partiu para cima e, aos 2 minutos de jogo abriu o placar, com Cirilo escorando um cruzamento de Gabriel, pela direita e de cabeça abriu o placar.

Aos 4 minutos, Caio recebeu a bola, após rebote da defesa do Sãojoseense e bateu de fora da área. A gorduchinha desviou no Bruno Costa e matou o goleiro Gabriel Leite, que ficou estático e viu a bola estufar a rede.

Após o segundo gol, o time do Paraná foi para cima, criando oportunidades, aproveitando o excesso de falta e, numa dessas bolas paradas, Danilo desviou de cabeça e diminuiu o placar, para 2 a 1, para delírio da torcida Guerrilha Jovem.

E não demorou muito, para o time paranaense empatar a partida. Em outra bola cruzada para a área, mais uma vez o sistema defensivo do Camboriú cochilou e Flávio empurrou a bola para o fundo do gol empatando a partida.

E a partida, que parecia um mar de rosas para o Camboriú, acabou se tornando num filme de terror, devido o excessivo numero de faltas e falhas, da defesa laranja e, numa falha do lateral Leo Campos, Bosel recuperou a bola e mandou forte, para virar o marcador e deixar o time paranaense na frente do placar.

Após descer para o intervalo, sob vaias, o Camboriú voltou mais ligado, pressionando o time do Sãojoseense, em busca do gol de empate, mas nos contra golpes, o time do Paraná levava muito perigo ao gol do goleiro Wellington.

Com a pressão, Jerson Testoni resolveu mexer no time, tirando Gabriel, Sheldon, Caio, Cirilo e o Bruno Oliveira e colocou Marlon, Douglas, Paulo Vitor, Thalisson e Dudu Figueiredo, respectivamente. As mudanças deram certo, pois o zagueiro Igor virou centroavante, Marlon cresceu pela direita, Dudu arriscou chutes de fora da área, mas a grande chance foi do lateral Leo Campos, que mandou um missel no travessão.

E a pressão deu certo, pois aos 37 minutos do segundo tempo, Marlon cruzou e Igor, de cabeça empatou a partida. Nos minutos finais, o Camboriú buscou o gol da virada, mas parou na grande atuação do goleiro Gabriel Leite.

Camboriú: Wellington, Gabriel (Marlon), Igor, Handerson e Leo Campos; Sheldon (Douglas), Balotelli e Bruno Oliveira (Dudu); Caio (Paulo Vitor), Cirilo (Thalisson) e Adailson. Téc. Jerson Testoni
Sãojoseense: Gabriel Leite, Bosel, Rafael, Bruno Costa e Willian Simões; Giba, Soto (Breno) e Warley (Luis Gustavo); Doca (Caio), Danilo e Flávio Robinho). Téc. Zé Roberto

Arbitragem: Salim Fende Chaves (SP), Clair Dapper, Luciane Rodrigues dos Santos e o quarto árbitro Fernando Henrique de Medeiros Miranda

Texto: Sérgio Paulo Scharf DRT/SC 02685 JP
Foto: Beno Kuster/ Beno Fotos

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Notícias relacionadas

Copa Santa Catarina - 2023

PosTimeDPts
1220
2116
3214
4113
4113
6312
6312
6312
958
1014

P: partidas; W: vitórias; D: empates; L: derrotas; Pts: pontos.

Próximos jogos da Copa SC:

DataEventoHorário/ResultadoCampoRodada
Marcílio Dias x Hercílio Luz
Estádio Dr. Hercílio Luz
Semifinal (jogo de ida)
Avaí x Concórdia
Estádio Dr. Aderbal Ramos da Silva- Ressacada
Semifinal (jogo de ida)

Redes Sociais

Camboriú abre 2 a 0, leva a virada e empata no fim com o Sãojoseense

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Notícias relacionadas

Brasileirão Série D 2023 - Grupo 8

PosTimeDPts
1220
2116
3214
4113
4113
6312
6312
6312

P: partidas; W: vitórias; D: empates; L: derrotas; Pts: pontos.

Próximos jogos do Camboriú

DataEventoHorário/ResultadoCampo

Redes Sociais